Total de visualizações de página

domingo, 25 de setembro de 2011

MANOEL LIMA - Ator Convidado


MANOEL LIMA

Conheçam um pouco da vida e carreira do grande ator Manoel Lima

Atividades recentes

INTERNET (www.spetaculos.com.br)
Web novelas: ALÔ ALÔ MULHERES, NOS TEMPOS DA GAROA, VIRADOS PRA LUA, MOLHO MADEIRA, BLACK-TIE e FEIRA LIVRE.
Web séries: DON STÊNIO e CIDADE GRANDE. MIRANTE
Web filmes: NOSTRA BELLA EPOCA (longa) e VIDA, DOÇURA e ESPERANÇA (curta)

CINEMA
Longas: “ROTEIROS DA VIDA” - Filme espírita de Antonio Xavier – Melion Filmes – www.melion.com.br - (personagem: Samuel, espírito mentor)
“SEM FIO” – Filme de Tiaraju Aronovich – Reticom Films – www.semfioofilme.com.br – Premio de Excelência em Cinematografia no Canadá – (personagem O Padre)
“E O SOL BRILHOU SOBRE O VERDE” – Filme de André Barmak - andrebarmak@gmail.com

Curtas metragens: Entre 2005 e 2010 atuei em aproximadamente 20 (vinte) curtas.

Direção: “VIDA A TRÊS” - Média metragem, gravado em janeiro 2010, em fase final de edição. (meu primeiro trabalho como diretor)

TEATRO:
O JULGAMENTO – direção de: Álvaro de Carvalho, BEIJO NO ASFALTO – direção de: Sérgio Ferrara, COMÉDIA DEL´ARTE – direção de: Eduardo de Paula e A VISITA DA VELHA SENHORA – direção de: Renata Kamla.

Apresentador: Programa “Encontro com O Viajor” (TV ORKUT) - 2010

Escritor: Livro “O Viajor” Editora Giostri, minha primeira obra editada.

PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO



O filme ALÉM DO PARAÍSO será realizado obedecendo os seguintes critérios Técnicos : 

Média-Metragem / 25"
 p&b / Cor
ficção - não ficção

a) Captação de imagens em HD;
b) Captação de áudio dolby-stéreo;
c) Motion Graphics - 3 D ;
d) Edição e finalização digital 

Direção de Fotografia: José Inácio Silva
Motion Graphics : Fábio Moreira
Edição e Finalização : Fábio Moreira  

Critérios Artísticos : 

O filme ALÉM DO PARAÍSO é ambientado em Hollywood nos anos de 1925 e 1968, obedecendo o estilo de época.

a) Preparação de elenco será feita por Thiago Barreto (Barreto Filmes)
b) Pesquisas de época (Dimas Oliveira Junior)
c) Ambientação Visual (Fabi Padula) 

Proposta : 

O filme ALÉM DO PARAÍSO tem a seguinte proposta : 

a) Apresentação em Festivais de Cinema, nacionais e internacionais, a partir de outubro de 2012;
b)  100 cópias em DVD'S do filme para distribuição gratuita a ONGS que defendam e representem assuntos ligados a Diversidade Sexual. 
c) Veiculação no Youtube .





Realização da ND PRODUÇÕES ARTÍSTICAS
http://producoesnd.blogspot.com/














  

ELENCO DO FILME


Elenco do filme "ALÉM DO PARAÍSO" 




JOÃO PAULO RAGAZZI
MANOEL LIMA 
RONI ANDRADE
THIAGO WENZLER
CRISTHIAN FERNANDES
FILIPE RODRIGUES





terça-feira, 13 de setembro de 2011

DIREÇÃO


DIMAS OLIVEIRA JUNIOR
Dimasoliveirajunior.blogspot.com
Paulistano, 52 anos

Pesquisador, Historiador, Escritor, Diretor de TV e Documentarista, realizador de diversos documentários importantes para o resgate da memória brasileira, entre eles : O Brasil Brasileiro de Ary Barroso, Marquesa de Santos uma História Real, Vila Buarque um Ponto de Cultura, As Faces de Pedro I, Adoniran Barbosa, entre outros 30 títulos realizados para a Rede STV (Sesc Senac ). Além disso pertenceu ao quadro de profissionais das emissoras : Band Vale, CNT/GAZETA, Rede Mulher ( Record ). Recebeu o título de “ Cavaleiro da Ordem Real de Dom João VI ” e a Medalha de Honra o Mérito Thomé de Souza, pela Academia de Letras de São Paulo, pelos seus relevantes trabalhos realizados em pról da Memória nacional. Também dirigiu em 2008 o filme DESATINO lançado na Casa das Rosas com grande repercussão da mídia . Atualmente está finalizando o documentário (docudrama) : OS ÚLTIMOS COMPASSOS DE DIRCINHA BATISTA, além dos documentários : HISTÓRIAS DE VIDAS NA MONTANHA MAGNÍFICA / DO INFERNO AO PARAÍSO / CELLY & TONY CAMPELLO OS BROTOS LEGAIS. Colaborador do Jornal “A Tribuna “ ( Taubaté ), durante 10 anos, como colunista. Autor dos livros : “Magdalena Querido Guisard-Uma Luz nos Céus de Taubaté” e “ Mulheres de Taubaté “, além do ainda inédito : “Os Anos Dourados do Rádio Brasileiro” . Prêmio 2.000 da Editôra Scortecci, na categoria “Escrevendo Mulheres”, com o conto : “Uma Luz nos Céus de Taubaté!”.
• Em 2010 foi contemplado com o PROAC-2010, pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, pelo roteiro e direção do documentário : SUPER HEROIS DO SEXO .
• Contratado para administrar o Curso de CINEMA DOCUMENTAL ( CRIAÇÃO DE ROTEIROS ) , para a Casa das Rosas – SP , pela Secretaria de Estado da Cultura, a partir de Setembro de 2011.
• Contratado para administrar o Curso de Cinema NATURALISMO NA ARTE DE INTERPRETAÇÃO PARA O CINEMA , para a Casa de Cultura Guilherme de Almeida – SP , pela Secretaria de Estado da Cultura – Maio de 2011.

LIVROS
MAGDALENA QUERIDO GUISARD – Uma Luz nos Céus de Taubaté
Publicado em 1997 – Biografia
MULHERES DE TAUBATÉ
Publicado em 1998 – Biografias
OS ANOS DOURADOS DO RÁDIO
Inédito – Biografias
DOCUMENTÁRIOS COM DIREÇÃO (além de pesquisas e roteiros )
DE DIMAS OLIVEIRA JUNIOR - Tempo : 60 minutos (cada)
Veiculação : Rede SESC SENAC DE TELEVISÃO e afiliadas - Período de realização de 1999 a 2006
Os Caminhos do 13 de Maio – 1999
Documentário que retrata a escravidão nas fazendas cafeeiras do vale do Paraíba no século XIX . Totalmente gravado nos locais originais do Vale do Paraíba .
Mulheres de Taubaté – 1999
Documentário que retrata a vida de personalidades femininas da cidade de Taubaté, entre elas : Celly Campello e Hebe Camargo .
Frei Galvão, o Bem Aventurado - 1999
Documentário sobre a vida do primeiro santo brasileiro, Frei Galvão . Totalmente realizado nos locais originais da história .
Almeida Junior – O Pai da Pintura Brasileira
Docudrama sobre a vida e obra do pintor José Ferraz de Almeida Junior, um dos mais importantes pintores brasileiros.
Mulheres no Cangaço – 1999
Documentário que retrata a história das cangaceiras do grupo de Lampião. Depoimento da Ex-cangaceira SILA .
Imperatriz Leopoldina – 2000
Documentário que retrata a vida da primeira Imperatriz do Brasil, Dona Maria Carolina Josefa Leopoldina, grande responsável pela Independência do Brasil em 1822 . Com depoimentos de Viviane Tessitore ( Biógrafa oficial), SAIR Dom Luiz de Orleans e Bragança , entre outros.
Imperatriz Amélia – 2000
Documentário que retrata a vida da segunda Imperatriz do Brasil . Com cenas de reconstituição e depoimentos de SAIR Dom Bertrand de Orleans e Bragança, entre outros .

Imperatriz Thereza Cristina – 2000
Documentário que retrata a vida da terceira Imperatriz do Brasil . Com cenas de reconstituição de época e depoimentos importantes .
Princesa Isabel - a redentora de um povo – 2001.
DOCUMENTÁRIO realizado em co-produção com a STV, através de interpretações de atores e relatos de historiadores, personalidades e autoridades, apresenta a importância dessa grande personalidade feminina, seus costumes, influências, participação social e política no Brasil. Entre os historiadores, estão Otto de Alencar Sá Pereira, Duílio Crispin Farina e o chefe da casa imperial , Dom Luiz de Orleans e Bragança. Os atores Rejane Marques , Sebastian Vieira, Paulo Perez, Pedro Pali , Maytê Alves e Roberto Francisco dão vida ao cotidiano da protagonista. Cenários grandiosos para as cenas de época que ambientam o telespectador nos principais momentos históricos.
Marquesa de Santos - a história real - 2001
DOCUMENTÁRIO apresenta a história de uma das mais importantes mulheres do Império Brasileiro, a Marquesa de Santos. Ela passou a história como amante de Dom Pedro I, sendo a sua vida era completamente desconhecida dos brasileiros. O programa mostra o pioneirismo e as lutas de Domitila de Castro Canto e Mello, uma mulher divorciada em 1824 e guerreira da revolução liberal de 1842.
Elis Regina - 20 anos de saudade - 2002
Elis Regina, considerada uma das maiores cantoras brasileiras em todos os tempos, é tema do DOCUMENTÁRIO. O programa faz uma homenagem aos 20 anos de sua morte (19 de janeiro de 1982) e mostra fotografias inéditas, apresentações da cantora e depoimentos de amigos e parceiros que contam muito sobre a importância da cantora na história da moderna música popular brasileira.
Aurora Miranda - a notável irmã de Carmen - 2002
Aurora Miranda teve uma carreira brilhante, mas desconhecida pela maior parte dos brasileiros, talvez sufocada pelo mito de Carmen Miranda. No documentário "Aurora Miranda - A Irmã Notável de Carmen", a STV - Rede SescSenac de Televisão resgata sua trajetória de sucesso para homenageá-la . Apresentado pelo ator Marcus Vinicius Parizatto, com direção de Dimas de Oliveira Junior e Felipe Harazim , o documentário é uma realização da STV - Rede SescSenac de Televisão, em co-produção com a We Do Comunicação.
Raul Roulien - um brasileiro em Hollywood 2002
Quem deu a primeira oportunidade a Fred Astaire no cinema e o que um brasileiro tem a ver com a revelação de Rita Hayworth? DOCUMENTÁRIO resgata e traz à tona a história de Raul Roulien, um brasileiro que brilhou em Hollywood muito antes de Carmen Miranda pensar em ser atriz. O programa revela a trajetória internacional do artista, que ganhou fama na Argentina e desembarcou nos Estados Unidos para brilhar ao lado de ícones do cinema, como Janet Gaynor, Spencer Tracy e Dolores Del Rio. O programa traz também depoimentos de Fernanda Montenegro, Sonia Oiticicca, Gaetano Gherardi, entre muitos outros. "Um brasileiro em Hollywood" é uma co-produção da STV com a produtora paulista We Do Comunicação.
As faces de Pedro I - 2002
Na semana da independência, DOCUMENTÁRIO mostra "AS FACES DE PEDRO I". Realizado em co-produção com a We Do Comunicações, o programa traz, além de curiosidades e fatos esquecidos pela história "oficial", os depoimentos de grandes atores que interpretaram o polêmico Dom Pedro I no cinema e na televisão: Tarcisio Meira, Marcos Palmeira, Gracindo Junior e Marcos Pasquim (especialmente cedidos pela Rede Globo para este trabalho).
Urbanismo em São Paulo - presente, passado e futuro - 2003
DOCUMENTÁRIO produzido para homenagear São Paulo, Urbanismo em São Paulo tem sua origem no livro Rumos da Cidade, da Editora Senac São Paulo, cujo autor é Candido Malta Campos, professor de arquitetura e urbanismo da Universidade Mackenzie e um dos personagens do documentário. Realizado pela STV em co-produção com a We Do Comunicação, o programa traz imagens de épocas e entrevistas com historiadores, engenheiros, arquitetos e outros profissionais que falam sobre a evolução urbana da maior metrópole da América do Sul.
As vedetes do Brasil - 2003
As vedetes da Praça Tiradentes, no Rio de Janeiro, foram, sem dúvida alguma, as mulheres mais famosas do Brasil nos anos 50 e 60. Lideradas por Virginia Lane, Angelita Martinez, Salomé Parísio, Elvira Pagã, Mara Rúbia e a irreverente Luz del Fuego, elas estiveram à frente de sua época e deram um importante passo para a atual emancipação feminina. DOCUMENTÁRIO, nesta co-produção entre a STV e a We Do Comunicação, retrata de uma forma bem humorada a história das vedetes brasileiras e os bastidores do teatro de Revista. O programa é dirigido por Dimas de Oliveira Junior e Felipe Harazim.
O Brasil brasileiro de Ary Barroso -2003
Para homenagear o músico, nascido em Ubá (MG ) em 07 de novembro de 1903, autor do clássico "Aquarela do Brasil", a STV, em co-produção com a We Do Comunicação, exibe o DOCUMENTÁRIO "O Brasil Brasileiro de Ary Barroso" que revela detalhes da vida e da obra deste ícone da música brasileira. Dirigido por Dimas de Oliveira Junior e Felipe Harazim , o filme conta detalhes e curiosidades da vida de Ary. Entre outras personalidades, o programa traz o depoimento do ministro da cultura, Gilberto Gil, que declarou 2003 como o ano comemorativo do centenário de nascimento de Ary Barroso.
80 anos de rádio no Brasil - 2003
DOCUMENTÁRIO inédito revela que muita coisa mudou em nosso país com o advento do rádio. O programa 80 Anos de Rádio no Brasil, uma co-produção da STV com a produtora paulistana We Do Comunicação, tem direção de Dimas de Oliveira Junior e Felipe Harazim e traz depoimentos de Vida Alves, Heródoto Barbeiro, Ricardo Cravo Albim, entre muitos outros.
O máximo das máximas – O Barão de Itararé - 2003
Dirigido pela dupla Dimas de Oliveira e Felipe Harazim , esta co-produção da STV em parceria com a produtora paulista We Do , fala sobre o impagável jornalista Aparício Torelly, mais conhecido como o Barão de Itararé - nascido em 29 janeiro 1985 e que, se estivesse vivo, completaria 109 anos. Com uma mente privilegiada e sempre irreverente, o "Barão" deixou sua marca gravada na história. O DOCUMENTÁRIO conta a trajetória e revela curiosidades da vida deste intrigante personagem.
Ernesto Nazareth 2003
a STV, em parceria com a produtora paulistana We Do Comunicação, apresenta o DOCUMENTÁRIO Ernesto Nazareth, que trata de um dos compositores brasileiros mais gravados no exterior. O pianista e compositor erudito é autor de mais de 200 obras. Ernesto, ao lado de Chiquinha Gonzaga, foi uma das grandes forças criativas do Brasil entre 1880 e 1920. Quem assina a direção é a dupla Dimas de Oliveira Junior e Felipe Harazim.
A sétima arte em São Paulo. - 2004
Mais uma produção entre a Rede SescSenac de Televisão e a produtora We Do , este DOCUMENTÁRIO conta a importância de São Paulo para uma nova fase do cinema brasileiro, iniciando o movimento na década de 50 e trazendo este reflexo para os dias atuais. O programa tem a direção de Dimas de Oliveira Junior e Felipe Harazim e mostra imagens inéditas da Cinematográfica Maristela.
Eros Volúsia - a dança mestiça.- 2004
Nas décadas de 30 e 40, a bailarina Eros Volúsia incorporou ao balé clássico movimentos do bailado brasileiro. Uma pioneira, falecida em 01 de janeiro de 2004, aos 89 anos. Neste mês, ela completaria 90 anos. Este DOCUMENTÁRIO, uma co-produção da STV com a produtora paulistana We Do , e presta homenagem à musa da dança brasileira e pioneira de nossa identidade na arte da dança. O programa traz imagens inéditas de Eros Volúsia, cedidas pela cineasta Christine Nazareth. A direção é assinada pela dupla Dimas de Oliveira Junior e Felipe Harazim.


O amigo da onça.- 2004
A genialidade e a curiosa trajetória do cartunista Péricles Maranhão, criador de um dos mais populares personagens do humor brasileiro, O Amigo da Onça, é o tema deste DOCUMENTÁRIO. Co-produzido pela STV e a produtora paulistana We Do , o programa traz entrevista com o cartunista Jal, com o escritor Marcos Silva, o ator Paulo Betti e depoimento inédito da viúva do cartunista, Angélica Maranhão. A direção é assinada pela dupla Dimas de Oliveira Junior e Felipe Harazim.
O Baiano Caymmi.- 2004
Este DOCUMENTÁRIO, co-produzido pela STV e a produtora paulistana We Do Comunicação, presta homenagem a um dos mais ilustres baianos, o compositor Dorival Caymmi .O programa conta com depoimentos de vários parentes e amigos de Dorival, entre eles: Nana, Dori e Danilo Caymmi, Ricardo Cravo Albim, Salomé Parisio, entre outros. Dimas de Oliveira Junior e Luis Felipe Harazim assinam a direção.
Noel Rosa - o poeta do Brasil.- 2004
Palpite Feliz, Com que Roupa, Fita Amarela e Último Desejo. São alguns exemplos da genialidade musical de Noel Rosa. Para homenageá-lo, a STV, em parceria com a produtora paulistana We Do Comunicação, exibe o documentário Noel Rosa - o poeta do Brasil. O programa conta como o compositor contribuiu - e em apenas 26 anos de vida - para evolução e consolidação do seu ritmo preferido: o samba. Destaque para depoimentos importantes como da cantora Marília Batista, a intérprete preferida de Noel, além de Ney Matogrosso, Ricardo Cravo Albim e Omar Jubran, entre outros nomes.
Raul Seixas - O maluco beleza.- 2005
DOCUMENTÁRIO retrata a vida e morte de um mito do rock brasileiro; a adolescência; a paixão pela leitura; o interesse pela música; as vitórias e fracassos, na vida pessoal e profissional. Depoimentos do Biógrafo e presidente do Fã-clube Oficial Raul Seixas, Sylvio Passos, e de personalidades do mundo artístico, bem como historiadores, pesquisadores musicais e diversos membros de fã-clubes do cantor, são intercalados por clipes de seus maiores sucessos. Raul Seixas ¿ O Maluco Beleza!, que tem a direção de Felipe Harazim e Dimas de Oliveira Júnior, é uma realização da STV, em co-produção com a produtora We Do.
Água de São Pedro - uma saga.- 2005
O filme, dirigido por Dimas de Oliveira Junior e Luis Felipe Harazim , retrata a transformação de um lugar semi-deserto em uma estância hidromineral, a partir do sonho de Octavio. Sua obra teve início com a construção do Grande Hotel São Pedro, hoje administrado pelo Senac. Nascia, então, a primeira cidade planejada do país. O município, com suas fontes Almeida Salles, Gioconda e Juventude, recebe hoje milhares de pessoas vindas de todo o Brasil e países vizinhos. Elas buscam tratamentos para diabetes, gastrites, moléstias do fígado, alergias e moléstias reumatológicas.
Vila Buarque - um ponto de cultura.- 2005
O filme conta a história e mostra as curiosidades de um bairro considerado centro. Produzido pela We Do em parceria com a STV, o DOCUMENTÁRO Vila Buarque - Um Ponto de Cultura destaca os poucos prédios residenciais das décadas de 20, 30, 40 e 50, o Largo do Arouche (que abriga pontos tradicionais da gastronomia paulistana), o edifício Itália, o prédio do Copam (famoso por seu formato em S), a Santa Casa de Misericórdia, a Biblioteca Infanto-Juvenil Monteiro Lobato, a Igreja da Consolação, o Mercado das Flores, a Praça da República (conhecida internacionalmente), o Elevado Costa e Silva (famoso Minhocão) entre outros. Dirigido por Dimas de Oliveira Junior e Luis Felipe Harazim , o programa fala, também, do projeto de revitalização Viva a Vila Buarque, liderado por jornalistas e artistas.
Orlando Silva - o cantor das multidões.- 2005
DOCUMENTÁRIO conta a história e a importância, para a música popular brasileira, do cantor Orlando Silva, imortalizado como "O Cantor das Multidões". Além de destacar sua paixão pela rádio-atriz Zezé Fonseca, o programa traz depoimentos da viúva Lourdes Silva (hoje falecida), realizado em 1987, do biógrafo Jonas Vieira, do ator Tuca Andrada e do colecionador de Orlando Silva, Toninho Passarinheiro. Dirigido por Dimas de Oliveira Júnior e Luís Felipe Harazim , o documentário apresenta imagens raras do intérprete de canções como: "Carinhoso", "Lábios que Beijei", "Rosa" e "Jardineira"; e ainda exibe um encontro musical com ele e Roberto Carlos.
Adoniran Barbosa - o poeta de São Paulo - 2006
Adoniran Barbosa O Poeta de São Paulo, aborda a vida pessoal e profissional do cantor e compositor de sucessos como "Trem das Onze", "Saudosa Maloca" e "Samba do Arnesto". Documentário traz trechos de filmes e sambas do artista, intercalados a depoimentos de Maria Helena Rubinato, filha de João Rubinato (verdadeiro nome de Adoniran), do músico Sérgio Rosa (Serginho), integrante do grupo musical Demônios da Garoa (intérprete de sambas do artista), e de personalidades ligadas à música: produtores, cantores, professores e biógrafo. Mostra, ainda, o filho de imigrantes italianos, que se tornou símbolo do típico paulistano por tirar de seu dia-a-dia as idéias, os personagens e a poesia expressos em suas músicas, além de sua paixão pela terra da garoa. Dirigido por Dimas de Oliveira Júnior o programa também ressalta a passagem do artista pelo rádio, cinema e televisão
Braguinha –Um João de Barro da MPB.- 2006
Carlos Alberto Ferreira Braga, o nosso Braguinha.Jovem estudante de arquitetura, tornou-se, sem pretensão, um dos maiores compositores da música popular brasileira. Mas não são todos que sabem disso, pois quase toda leva a assinatura de João de Barro. Você vai ficar sabendo dessas e de outras curiosidades no documentário Braguinha . Um João de Barro da MPB, feito pela STV e produzido pela We Do Comunicação, especialmente em homenagem a esse grande personagem de nossa história. Não deixe de conferir. A direção é de Dimas de Oliveira e Luis Felipe Harazim.
Os Uirapurus. – 2006
O documentário aborda a história de um trio vocal tradicional.Donos de um estilo próprio, e vozes diferenciadas, são reconhecidos como detentores de um estilo brasileiro, sertanejo de raiz . O grupo que começou suas apresentações na década de 70, permanece ainda hoje, com dois dos seus integrantes iniciais, Caetano e Hermes, que apesar da idade continuam firmes com o sonho de gravar o seu primeiro CD. O documentário, dirigido por Dimas de Oliveira e Luis Felipe Harazim , também aborda os problemas de divulgação e espaço na mídia e qual é o caminho daqueles que fazem da música não comercial o seu meio de vida.
Histórias de Dna Yayá.- 2006
A loucura de Yayá ( Sebastiana de Mello Freire ) , até hoje, intriga os pesquisadores, curiosos e demais pessoas que passam pelo casarão do bairro da Bela Vista ! . "Às vezes, a ficção se confunde com a realidade", observa o jornalista Francisco Ornellas, um dos depoentes do documentário : “ HISTÓRIAS DE DONA YAYÁ “ , realizado pela produtora paulistana We Do Comunicação em parceria com a Rede STV , com direção de Dimas de Oliveira Junior e Luís Felipe Harazim. O que mais espanta a todos nesta história é que durante o período de 1918 a 1961, D. Yayá permaneceu presa, em cárcere privado no casarão da Bela Vista , faleceu com 74 anos.
Santos Dumont – Um gênio no ar.- 2006
Documentário faz uma retrospectiva de Santos Dumont, trazendo aspectos inéditos sobre sua vida, que nos permitem conhecer melhor a tenacidade deste brasileiro. Sua vida no Brasil e na França França, suas conquistas e principalmente sua personalidade. Através de entrevistas como a do físico e professor Henrique Lins de Barros, imagens do último Demoiselle, que se encontra no Museu Santos Dumont, imagens cedidas pelo do Museu dos Campos dos Afonsos, revivendo o vôo do 14 bis, entre outras, podemos avaliar neste documentário, o homem, o cientista e principalmente o brasileiro Santos Dumont.
Como Supervisor Artístico e Técnico do roteiro:
DO OUTRO LADO DA PONTE - Documentário
( Documentário que retrata o cotidiano das comunidades/favelas das perfiferias de São Paulo )
Documentário exibido pela Rede STV SESC SENAC DE TELEVISÃO em 2005
EM CINEMA
CURTA-METRAGEM
GOOD BYE NORMA - 15”
Roteiro de Dimas Oliveira Junior
Produção : SP-2007
Realização : Retro Produções ( Jefferson Cardoso )
Exibição : Festival Mix Brasil ,Festival de Turim / Itália ,Festival de San Petersburgo / Rússia
I Mostra Retro de Curta-Metragem
MÉDIA-METRAGEM
DESATINO ( A História de Nenê Romano ) – 25”
Roteiro de Dimas de Oliveira Junior
Produção : SP-2007/2008
LONGA-METRAGEM
DIRCINHA BATISTA – A Força Revolucionária da Música Brasileira – 70 “
Roteiro de Dimas Oliveira Junior
Produção : 2007-2011

EM TELEVISÃO
PRODUÇÕES ANTERIORES

TV RECORD/ REDE MULHER
Período de 2002 - Cargo : Roteirista
Participando do programa “ Mãe de Gravata “ ( com Ronnie Von )
TV CNT/GAZETA
Período de 1998/2002 - Cargo : Diretor de Programa – Roteirista
Participando dos mais diversos programas da emissora, dentro deles : “ Mãe de Gravata “ ( com Ronnie Von ), “ Família Sertaneja “ ( com Marcelo Costa ) , “ Puro Êxtase “ ( com Carolina Garcia ) , “ Fusão “ .
TV BAND/VALE - Período de 1996/1998
Cargo : Diretor Artístico de Minisséries educativas e Culturais – Roteirista
Neste período dirigiu as seguintes Minisséries , veiculadas em todo o Vale do Paraíba :
CRAVOS VERMELHOS – 4 Capítulos - * Moção honrosa da Câmara Municipal de Taubaté
Sinopse : A História de Olga Guedes Tavares, considerada “ A Santinha de Taubaté “, em um caso real ocorrido na cidade de Taubaté em 1932.
QUIRIRIM, COME TI AMO – 5 Capítulos
Sinopse : A história da Imigração Italiana no Vale do Paraíba.
UM HOMEM CHAMADO LOBATO – 4 capítulos
Sinopse : A história da vida de um dos mais importantes nomes da literatura brasileira, Monteiro Lobato.
TV RECORD
Ano de 1996
Cargo : Assistente do Diretor Attílio Riccó e supervisor do roteiro
Minissérie : CHÃO DE ESTRÊLAS ( A vida de Silvio Caldas )
Com Geórgia Gomide, Denis Derkian, Sandra Théa, Nívio Diegues, e grande elenco .
ROTEIROS DE INSTITUCIONAIS
GAFISA – Empreendimentos Imobiliários
SINDICATO DOS TRABALHADORES DE SP
SINDICATO DAS COSTUREIRAS DE SÃO PAULO
X-TAPA ( Campanha de lançamento )
TINTAS AUTOMOTIVAS
VIAÇÃO ITAPEMERIN
GRUPO GHD
Entre outros .

Dimasjunior17@yahoo.com.br
(11) 6910.5239 - (11) 2618.2093

RAMON NOVARRO, O ídolo do cinema silencioso!



Juan Ramón Gil Samaniego, famoso como Ramón Novarro, nasceu em Victoria de Durango, no México, em Fevereiro de 1899 e faleceu em Hollywood, Califórnia; 30 de Outubro de 1968. Fez um total de 56 filmes e também atuou como roteirista, diretor e produtor.

Ramón, é muito provável que tenha sido o maior latin lovers do cinema mudo. Nasceu no seio de uma família rica, seu pai era um dentista que exilou-se em Los Angeles para escapar da Revolução Mexicana em 1913. Era primo de Dolores del Rio, e iniciou sua carreira cinematográfica em 1916 dirigido por Cecil B. DeMille e completava sua renda trabalhando como garçom e cantor.Fez grande amizade com com a atriz Alice Terry onde pensavam se tratar de casamento, então ele e o diretor Rex Ingram começaram a promovê-lo como rival de Rudolph Valentino. Ingram sugeriu que ele mudasse seu nome para Novarro., isso em 1923, passando a atuar em papéis mais importantes, Scaramouche (1923) significou seu primeiro grande sucesso. No ano de Em 1925 alcançou o seu maior sucesso como protagonista em Ben-Hur, seu vestuário reduzido e revelador foi uma grande sensação tanto quanto sua performance.

A elite de Hollywood estava em suas mãos. Com a morte de Valentino,1926, Novarro se tornou o ator latino mais importantes da media. A mudança do cinema mudo para o sonoro não afetou seu sucesso, ao contrário, ele especializando-se em musicais exemplo "O Gato e o Violino" ao lado da estrela máxima Jeanette McDonald.

Em 1934 protagonizou no filme 'The Cat and the Fiddle' a primeira cena de ação real da história do cinema rodada em Technicolor três tiras - já havia rodado algumas cenas no antigo Technicolor de duas tiras dentro de Bem-Hur. No término do seu contrato com a MGM, em 1935, seu cachê começou a despencar, passou a fazer trabalhos esporadicamente em filmes de série B e também tentou a sorte na Broadway. Filmou com Lupe Vélez em Laughing Boy, 1934, Novarro teve muitos conflitos morais por sua condição de homossexual e por sua fé católica. Segundo comentários a MGM tentou conceder a Novarro um casamento de fachada, tendo o astro se recusado a prover a farsa.

Assassinato

O astro Ramón Novarro morreu assassinado por dois irmãos, os quais havia convidado a uma festa em sua casa para manter relações sexuais, e que trataram roubá-lo ao acreditarem que mantinha uma grande soma de dinheiro consigo. Foi torturados pelos irmãos (Paul e Tom) e depois asfixiaram-no e cortaram e o degolaram com uma pequena faca e furtaram os objetos de valor na sua casa, roubaram em espécie apenas US$ 20. Ramón está enterrado no cemitério Calvary em Los Angeles.

Honras

Foi homenageado com sua estrela na Calçada da Fama em Hollywood, comemorando sua contribuição à indústria cinematográfica em 6350 Hollywood Boulevard. No final de 2005 o Wings Theatre na cidade de Nova York foi sede da estreia mundial de Through a Naked Lens por George Barthel. A obra combinou fatos e ficção para mostrar a ascensão à fama de Novarro e seu relacionamento com o jornalista hollywoodiano Herbert Howe.


Filmografia


Joan The Woman, 1917
The Jaguar's Claws, 1917
The Little American, 1917
The Hostage, 1917
The Woman God Forgot, 1917
The Goat, 1918
The Small Town Idol, 1921
The Concert, 1921

The Four Horsemen Of The Apocalypse, 1921 ;
Man-Woman-Marriage, 1921 ;Mr. Barnes of New York, 1922 ;
El prisionero de Zenda, 1922 ; Trifling Women, 1922
Where the Pavement Ends, 1923 ; Scaramouche, 1923 ;
Thy Name Is Woman, 1924 The Arab, 1924 ; The Red Lily, 1924 ;
A Lover's Oath, 1925 ;The Midshipman, 1925
Ben-Hur, 1925 ;Lovers?, 1927 ;
The Student Prince in Old Heidelberg, 1927
The Road to Romance, 1927 ;Across to Singapore, 1928 ;
A Certain Young Man, 1928 Forbidden Hours, 1928 ;The Flying Fleet, 1929 ;
The Pagan, 1929 Devil-May-Care, 1929 ;Le Chanteur de Séville, 1930 ;


In Gay Madrid, 1930; Call of the Flesh, 1930 ;Sevilla de mis amores, 1930 ;
Wir schalten um auf Hollywood, 1930 ; Daybreak, 1931 ;Son of India, 1931;
Mata Hari, 1932 ;Huddle, 1932
'The Son-Daughter, 1932 ;The Barbarian, 1933
The Cat and the Fiddle, 1934
Laughing Boy, 1934 ;The Night Is Young, 1935 ;
The Sheik Steps Out, 1937
A Desperate Adventure, 1938 ;Ecco la felicità, 1940 ;
La Comédie du bonheur, 1940
La Virgen que forjó una patria, 1942 ;We Were Strangers, 1949 ;
The Big Steal, 1949 The Outriders, 1950 ;Crisis, 1950 ;
Heller in Pink Tights, 1960.